segunda-feira, 30 de março de 2020

Lúcio conta sua história no handebol


Nome: Lúcio Expedito da Cruz Vicente
Apelido: Lucinho
Idade: 31 anos

Prático handebol de forma amadora, aos finais de semana, campeonatos que são realizados em feriados e tento conciliar para que não atrapalhe no horário de trabalho, sou Motorista Carreteiro.
            Dos 8 anos de idade aos 13 pratiquei futebol e futsal, de 13 até hoje só handebol.
Comecei a praticar o handebol por incentivo de amigos e da minha mãe Dona Dulce, na Semel com o Professor João Carlos onde na época eu tinha 13 anos.
Minha primeira competição foi a Liga Sul Minas, na categoria Infantil onde a equipe foi campeã no ano de 2003, dali em diante eu e meus companheiros de equipe fomos adquirindo condicionamento físico, conhecimento tático, mais títulos vieram e importantes colocações em campeonatos tradicionais aqui em Minas Gerais, como Jimi, Joju, Campeonatos Mineiros na categoria Juvenil e Júnior, Lidarp e Liga Minas.
Agradeço a todos os professores e amigos de equipe que estão comigo durante essa caminhada no handebol que se completam 18 anos.
Fiz grandes amizades dentro e fora das quadras, apesar de não ser um atleta profissional fico feliz por mim e meus companheiros, que hoje somos cidadãos de bem, pais e mães de família e mais feliz ainda pelos que se tornaram atletas profissionais, das várias modalidades esportivas que iniciaram suas caminhadas da mesma forma que eu, ali com os professores da Semel.
E não posso deixar de agradecer ao meu filho Giovani Silveira Cruz, de 10 anos sempre junto nas competições que participo, tento passar bons exemplos pra ele, pra ser um cidadão de bem no futuro, sendo atleta ou não.

LINK

Um comentário: